Ok
Notícias
672
Pastores cobram que embaixada dos EUA em Israel seja transferida para Jerusalém

Líderes cristãos entregaram uma carta ao presidente Donald Trump na última terça-feira (16), reforçando o pedido para a Embaixada dos Estados Unidos de Tel Aviv para Jerusalém, em reconhecimento à cidade como capital de Israel e em honra de uma lei dos EUA.

A carta, elaborada pelo grupo 'Líderes Cristãos Americanos por Israel' (ACLI) - supervisionado pelo sede norte-americana da 'Embaixada Internacional Cristã de Jerusalém' - citou a Ato da Embaixada de Jerusalém de 1995, que reconhece Jerusalém como "a sede da Presidência, Parlamento e Suprema Corte de Israel, e o local de numerosos ministérios e instituições sociais e culturais".

A legislação, promulgada nos EUA em outubro de 1995, afirma que os EUA opera suas embaixada nas capitais de todos os países, exceto Israel e que deve mudar sua embaixada para a capital de Israel, (citada como sendo Jerusalém, devido à sua relevância e conforme o Ato de 1995). No entanto, a aplicação desta legislação foi renunciada a cada seis meses pelos antigos presidentes dos EUA.

"Nós escrevemos para respeitosamente solicitar sua ação rápida para cumprir uma promessa especial que você fez, e que os Estados Unidos fizeram há mais de vinte anos para um dos nossos mais importantes aliados", afirma a carta entregue ao presidente Donald Trump.

"Como líderes cristãos que, coletivamente, falam em nome de cerca de 60 milhões de americanos, acreditamos que chegou a hora, finalmente, de defender a lei americana, movendo a Embaixada dos EUA para a capital eterna e indivisível de Israel: Jerusalém", acrescentou o documento.

O documento também reforça que Israel é o único aliado fiel dos Estados Unidos no Oriente Médio e que o Ato de 1995 não deve mais tardar.

"Agora vamos pedir-lhe para enviar uma mensagem no início de sua administração, que os Estados Unidos vai realmente honrar o seu aliado democrático mais forte, único e verdadeiro no Oriente Médio, respeitando a sua capital Jerusalém, e imediatamente mover a Embaixada dos Estados Unidos para lá. A implementação do Ato da Embaixada de Jerusalém de 1995 não deve ser adiada nem fazer contingente em qualquer futuro acordo de paz", diz a carta.

A carta foi assinada por 60 líderes cristãos, como o Dr. Jerry Johnson, presidente e CEO da National Religious Broadcasters; Tony Perkins, presidente do Conselho de Pesquisa da Família; Dr. James Dobson, fundador e presidente da organizações 'Family Talk' e 'Focus on the Family'; Dr. Charles Stanley, presidente da 'In Touch Ministries'; Dr. John Hagee, fundador e presidente da organização 'Cristãos Unidos por Israel'; Kay Arthur, fundador do 'Ministério Preceito'; Susan Michael, diretora da Embaixada Cristã Internacional em Jerusalém; e Gordon Robertson, CEO da 'The Christian Broadcasting Network'.

Está gostando desse conteúdo?

Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber novas atualizações do site.

Fique atualizado! Cadastre para receber livros, CDs e revistas promocionais.

Mudar a Embaixada dos Estados Unidos para Jerusalém foi uma das promessas de campanha do presidente Donald Trump.

Alguns dos assessores do presidente também o estão encorajando a cumprir sua promessa e mudar imediatamente a embaixada norte-americana para Jerusalém. No entanto, funcionários do Departamento de Estado, o Departamento de Defesa e da comunidade de inteligência estão aconselhando que ele ainda não o faça, dizendo que seria "prejudicial para o processo de paz e poderia gerar riscos regionais mais amplos", informou a CNN.

Estados Unidos, Rússia e Terrorismo

Trump, que ainda tem que decidir sobre o assunto, está enfrentando uma controvérsia com relação à partilha de informações estratégicas sobre o Estado Islâmico com as autoridades russas, na semana passada.

H. R. McMaster, assessor de segurança de Trump, disse que a divulgação de informações ao chanceler russo, Sergei Lavrov foi "totalmente adequada e é compreensível a partilha de rotina de informações entre o presidente e todos os líderes com os quais ele está envolvido".

Trump teria informado a Lavrov sobre um plano de bombardeio do Estado Islâmico, que incluía incluindo uma cidade na Síria, onde a informação foi coletada. Israel foi citada como a fonte das informações estratégicas de Trump, entregues ao chanceler russo, segundo o New York Times.

Autoridades israelenses expressaram preocupaçoes de que as informações compartilhadas com Lavrov por Trump poderiam ter comprometido um dos seus agentes. No entanto, no meio da controvérsia, o ministro da Defesa de Israel, Avigdor Liberman enfatizou os "profundos, significativos" laços entre Israel e os EUA, informou a Reuters.

"A relação de segurança entre Israel e o nosso maior aliado, os Estados Unidos é profunda, significativa e sem precedentes", disse o ministro da Defesa Avigdor Lieberman, no Twitter.

Fonte: http://www.cpadnews.com.br/universo-cristao/39444/pastores-cobram-que-embaixada-dos-eua-em-israel-seja-transferida-para-jerusalem.html


Qual sua opinião sobre esta noticia?
Deixe seu Comentário abaixo:
(*)Campos obrigatórios, e-mail e telefone não serão publicados)
Notícias de Líderes
Pastor Benny Hinn
Pastor Adeildo Costa
Pastor Yossef Akiva
Apóstolo Estevam Hernandes
Pastor Samuel Ferreira
Pastor Billy Graham
Apóstolo Agenor Duque
Pastor Elson de Assis
Pastor Oseias Gomes
Pastora Sarah Sheeva
Pastor Claudio Duarte
Pastor Josué Gonçalves
Pastor Márcio Valadão
Bispa Sonia Hernandes
Missionário RR Soares
Pastor Geziel Gomes
Apóstolo César Augusto
Bispa Cléo Ribeiro Rossafa
Pastor Jorge Linhares
Apóstolo Valdemiro Santiago
Pastor Marco Feliciano
Pastor Reuel Pereira Feitosa
Pastor Reuel Bernardino
Bispa Ingrid Duque
Apóstolo Renê Terra Nova
Bispa Lucia Rodovalho
Pastora Joyce Meyer
Pastor Aluizio Silva
Pastora Bianca Toledo
Pastor Lucinho
Pastor Gilvan Rodrigues
Pastor Hidekazu Takayama
Pastor Julio Ribeiro
Pastor Abílio Santana
Bispo Rodovalho
Pastor Paulo Marcelo
Pastor Samuel Mariano
Pastor Adão Santos
Pastor José Wellington Bezerra da Costa
Pastora Helena Tannure
Pastor Samuel Camara
Pastor Carvalho Junior
Missionário David Miranda
Pastor Gilmar Santos
Pastor Silas Malafaia
Pastor Cesino Bernardino

O Seminário Gospel oferece cursos livres de confissão religiosa cristã que são totalmente à distância, você estuda em casa, são livres de heresias e doutrinas antibiblicas, sem vinculo com o MEC, são monitorados por Igrejas, Pastores e Teólogos de Grandes Ministérios totalmente baseado na Santa Palavra de Deus, ao final você recebe DOCUMENTAÇÃO INTERNACIONAL valida no âmbito religioso.

Notícias de Cantores
Cantora Shirley Carvalhaes
Cantor Regis Danese
Voz da Verdade
Cantor Mattos Nascimento
Cantora Andrea Fontes
Cantor Marquinhos Gomes
Cantora Alda Célia
Cantor Irmão Lázaro
Cantora Elaine de Jesus
Ministério Diante do Trono
Cantora Cassiane
Cantora Rose Nascimento
Cantora Fernanda Brum
Cantora Lea Mendonça
Banda Oficina G3
Cantora Aline Barros
Cantora Mara Lima
Cantor Kleber Lucas
Cantora Bruna Karla
Cantora Ludmila Ferber
Ministério Renascer Praise
Cantora Karen Martins
Cantor Fernandinho
Cantor André Valadão
Cantora Damares
Cantora Ana Paula Valadão
Cantora Cristina Mel
Cantora Nivea Soares
Cantora Lauriete
Cantor Davi Sacer
Cantora Eyshila